27.6.06

E depois de Bush?

Já nos esquecemos, certamente, que antes de Bush, havia um Bush pai. Como antes dessa mãe velhota e gorda que vês houve uma jovem bonita, de cintura de vêspa que gostou do teu pai.É uma imagem estúpida não é? Deixa lá. Nem todos podemos ser sempre inteligentes e se o fôssemos, mesmo assim não sabíamos se valia a pena... Hei! Anoiteceu!

E depois de Bush? Será o fim dos que querem impôr a democracia e a justiça globais à bomba e à porrada, dos que levam tudo e todos para mentir sobre uma coisa qualquer que até não tinha assim tanta importância para a sua causa, mas que, se calhar, escondia uma mentira ainda mais espantosa de que nem suspeitamos. Lady Di, como morreste..? Blair diz que Deus o julgará. Castro dizia que a História o absolveria. Castro sempre era mais humilde e Deus deu-lhe uma longa vida. Mesmo assim, não sei como vai acabar...

Depois de Bush, será o fim dos auto-convencidos, dos que ficaram sempre drogados, mesmo sem consumirem droga, graças a planos de reabilitação perfeitos. Talvez seja também o fim do abuso de Deus, de falar de Deus para todo o lado, como se fôsse uma conquista da técnica, ou um motivo de orgulho como termos ido à Lua, ou às cataratas do Niagara. Talvez nos lembremos antes de Jesus, do modesto S. Francisco que morreu tão depressa e do bom Frei Vassoura, humilde entre os humildes que levou o cãozito, o gatito e o pardal que partilhavam consigo o seu prato, para o Céu.Ah, e levou também a vassoura para nos varrer a todos, e ao Bush e ao Bin...talvez ouçamos melhor o Profeta, no que disse para resolver o dia-a-dia e em tudo o que não disse mas que se revelará com os tempos, no Sagrado Corão. E talvez o Deus de Israel nos conduza de novo, no silêncio, pelo Mar Vermelho...e descubramos o Buda dourado, escondido na forma do Sol entre as ramagens e ainda o Grande Espírito pairando, mesmo num vale onde já não há apaches a correr, excepto esse que se levanta de repente num cavalo gigantesco, na forma de uma nuvem...

E depois de Bush? Hillary Clinton, Al Gore, Sarkozy, um bom e abençoado descanso com os Conservadores britânicos, cujo General Michael Rose, valente como um soldado das Ilhas brumosas, teve a coragem de dizer “a Guerra no Iraque foi um crime”.

Mas até lá, os espertalhões não deixarão de querer agarrar melhor que o Viagra, de provar que a História é uma cabriola, um passo de artista, um “bonito”, de ficar contentes com que o Mundo arda ainda no Irão, para bem das suas teses e para bem das teses contrárias de outros artistas como eles. Que interessa que o Deco ponha a equipa em causa! O Deco é homem! É que o Mundo sou eu, e o meu peito, o Mundo é a minha desforra. Que se lixe a Morte! Depois não há nada!

E depois de Bush? Talvez um pouco mais de humildade, a começar pela Mulher e Mãe que diz que quer ser igual ( triste desejo!) e que acha que o seu filho deve ser Presidente!
Engraçado...a Senhora Bush, quando o seu filho foi dado como eleito provisoriamente, antes do Supremo tribunal dos EUA obrigar a repetir a contagem na Flórida, limitou-se a dizer: fui mãe de um Presidente por uma hora e estou contente assim. Era uma Grande Senhora.

4 comments:

PlanetaTerra said...

///

COMBATE À IMIGRAÇÃO CLANDESTINA

--- O Movimento 'Pró-Diversidade' reivindica o LEGÍTIMO Direito ao Separatismo; ver:
DIVISÃO--50--50
[ A constituição de Espaços Reserva Natural de Povos Nativos ]


--- Todavia, este Movimento também considera que é necessário combater o seguinte facto: os ricos estão cada vez mais ricos... e... os pobres estão cada vez mais pobres...


--- A Imigração Clandestina deve ser considerada um crime tão grave como o tráfico de droga, assim sendo:
-1- uma empresa - aonde sejam encontrados Imigrantes Clandestinos a trabalhar – deve ser considerada um empresa perdida a favor do Estado;
-2- o dinheiro resultante da venda da empresa 'apreendida' deve ser distribuído pelas pessoas inscritas nos Centros de Emprego.

--- Mais, deve ser decretada a proibição de trabalho imigrante naqueles trabalhos cujo salário seja INFERIOR ao SALÁRIO MÉDIO NACIONAL.


-> Nota 1: Ao estarem proibidas de 'importar' imigrantes, as entidades patronais – para cativarem os trabalhadores desempregados - vão ser obrigadas a aumentar os salários INFERIORES à média nacional.
-> Nota 2: Forçando as entidades patronais a subir os salários... isso vai ser um estímulo para para que as entidades patronais procurem um AUMENTO DA PRODUTIVIDADE através de Novas Tecnologias.


P.S.
Aqueles que argumentam que o fim da 'importação' de imigrantes [para os trabalhos cujo salário seja inferior ao salário médio nacional]... vai ser mau para a economia do País... são uma fotocópia daqueles BANDALHOS ÉTICOS que, no passado, andaram por aí a argumentar que o fim de escravatura iria ser mau para a economia do País... pois:
- era necessário rentabilizar o investimento em caravelas;
- era necessário salvaguardar a indústria de construção de caravelas.

///

Andr? Kenji said...

Você já pesquisou o que pensam Mark Warner, Evan Bayh, Tom Vilsak, Hillary Clinton e outros democratas pensam sobre assuntos como Guerra à Drogas à Política Externa? É de dar medo de que tenha saudades de Bush.

Anonymous said...

Meu caro andr?kenji,

Eu não tenho saudades de Bush. Estou apenas a ver que já é altura de irmos pensando no período post-Bush.

Anonymous said...

Very cool design! Useful information. Go on! Lady golf club set Biaxin patent Bored women web cams Spyware doctor 3.8 patch lynn fire alarm office 2gp compact flash card Black jack ballroom casino