15.6.08

A mensagem é:

Não preciso de perceber de futebol para considerar Luiz Felipe Scolari um cretino.
Quebrar uma dinâmica de vitória da Selecção A com uma Selecção B, como se os AA's estivessem muito cansadinhos é de "Sargentão" não é de "General". A mensagem é que não é preciso dar tudo por tudo. Deixa para lá: o Chelsea já contratou e ele dará tudo pelo Chelsea. Tive relutãncia até em ver o jogo. Vi alguns minutos. Parabéns À Suíça. Se até o moral dos pés vem abaixo, pobre Portugal no Verão.

1 comment:

António Pontes said...

Olhe que para treinador de futebol o homem não é assim tão mau. Num jogo cujo IQ requerido deve ser da ordem dos 90 por jogador (com optimismo) se um treinador tiver 110 (caso provável do sargentão) já faz figura de génio, O Eusébio deve ter 111 de IQ, por isso é que se destaca.
Como termo de comparação o Sr. Cavaco e Silva tem 120.